Nevoeiro

O nevoeiro é a designação dada a uma retenção de ínfimas gotículas de água, ou cristais de gelo, formada em proximidade com a superfície terrestre. No fundo, o nevoeiro é uma nuvem que se forma após contacto com o solo. No plano internacional, o uso do termo é aceite quando há fraca visibilidade numa distância compreendida até um 1 km. Caso haja boa visibilidade horizontal acima do valor referido, usa-se a terminologia neblina.

Geralmente, o nevoeiro toma a sua forma após uma saturação do ar, nomeadamente por vários motivos distintos entre si, podendo a causa ser: um resfriar radioactivo (por norma este nevoeiro tende a acontecer em áreas mais baixas, dissipando-se nas primeiras horas após o nascer do sol, sendo por isso mais espesso em vales); um resfriar advectivo (acontece mediante ventos entre 10 a 30 km/h, quando o ar quente e húmido entra em contacto com uma superfície fria e se mistura com o ar que já lá estava, igualmente frio); um resfriar adiabático (em que o vapor arrefece e fica supersaturado, enquanto que o excesso de humidade nesse mesmo vapor é depositado em gotas); ou, por fim, uma aglomeração de vapor de água (quando o ar frio está posicionado sobre água com temperatura superior, aumentando a pressão do vapor, que após a evaporação necessária poderá atingir valores de 100% de humidade relativa).

Devido às inconveniências, por vezes graves, que o estado de nevoeiro provoca, há uma elevada preocupação entre as companhias de transportes aéreos, rodoviários e marítimos, em manter a segurança dos utentes e funcionários. Porém, existem excepções à regra: actualmente, no Chile, explora-se o conteúdo líquido do nevoeiro, onde se consegue gerar por volta de 7000 litros de água diários, através de 50 postos de colecta.
Nevoeiro

Mais informações sobre fenômenos meteorológicos:
anteriorNuvempróximoO Sincelo
Previsãodotempo.net:
Contato: info@previsãodotempo.net
Previsão meteorológica:
Outro: